Pronta primeira máquina quântica de pagamentos

Pronta primeira máquina quântica de pagamentos

Máquina de pagamento para celular

Este é o protótipo da primeira máquina com tecnologia quântica – portanto, com garantia de proteção total contra bisbilhoteiros -, projetada para substituir as atuais máquinas de cartões.

O aparelho envia chaves secretas para criptografar as informações que trafegam entre o aparelho móvel do comprador – normalmente um celular – e um terminal de pagamentos.

Seu objetivo é, garantindo uma segurança virtualmente absoluta, aumentar a confiança do público e das empresas no chamado sistema de pagamentos sem contato e sem fios, em que mesmo os cartões colocados nas maquininhas atuais são descartados.

O aparelho foi construído por físicos da Universidade de Oxford, no Reino Unido, em parceria com as empresas Nokia e Bay Photonics.

Criptografia quântica

A tecnologia de criptografia quântica utiliza milhões de partículas de luz – fótons – para embaralhar as chaves.

Seu melhor argumento, contudo, é que o protocolo permite detectar bisbilhoteiros, descobrindo qualquer tentativa de ler as informações. Com isto, antes que o invasor tenha qualquer chance de decifrar o código ou copiar a chave, a comunicação é interrompida – na verdade, o próprio ato de medir o sinal quântico é suficiente para alterá-lo, tornando-o inutilizável.

A maquininha quântica de pagamentos usa espelhos móveis (MEMS) e LEDs ultrarrápidos para enviar um código PIN secreto a uma taxa de 30 kilobytes por segundo, a uma distância de 0,5 metro. Composto por uma série de luzes sobrepostas, o sistema contém seis pares de LEDs de cavidade ressonante, cada um filtrado para uma polarização e posição diferentes. Os LEDs polarizados circularmente fornecem a chave principal, enquanto os outros pares são usados para medir a segurança do canal e para corrigir quaisquer erros no processo.

FONTE

Leave a Reply